Jornal do Mercado Público - Porto Alegre
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Editorial

O Mercado Público recebe milhares de frequentadores, fregueses, visitantes, turistas – gente conhecida, famosa e uma grande maioria de anônimos. Todos atraídos pelos seus encantos, suas bancas, vendas a granel, produtos sofisticados, peixes, carnes, frutas, verduras. Neste mês apresentamos um ilustre “anônimo” que percorreu o Mercado e seus corredores com a reportagem do Jornal do Mercado para compor suas receitas: o Anonymus Gourmet. Com sua simpatia, simplicidade e grande capacidade de comunicação, o apresentador de TV, agora em nova casa com seu programa, o SBT, ele mostrou toda a sua experiência e conhecimento do Mercado, encontrando muitos conhecidos, admiradores e fãs enquanto concedia sua entrevista e, depois, fez seu roteiro de compras em algumas bancas. Acompanhe aqui este roteiro no nosso caderno de gastronomia. E, em junho, voltaremos com mais um caderno. Boa leitura!

 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Feirão no Largo

Feirão de Oportunidades ofereceu vagas de emprego e cursos de qualificação, atraindo centenas de pessoas ao Largo Glênio Peres.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Um ponto turístico essencial

Os Mercados Públicos de uma cidade costumam revelar muito sobre a história e peculiaridades do local. Com o Mercado Público de Porto Alegre, não é diferente.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Anonymus Gourmet

Um prato cheio: jornalismo, advocacia, literatura e gastronomia

Nascido em Porto Alegre, vindo da tradicional família Pinheiro Machado, José Antônio Anonymus Gourmet Gomes Pinheiro Machado, aos 65 anos, está vivendo um novo momento na sua intensa trajetória pessoal e profissional. Seu conhecido e popular programa de culinária Anonymus Gourmet está agora no SBT, em nova fase – mas mantendo a sua informalidade, bom humor e, claro, deliciosos pratos. Advogado, jornalista, escritor, gourmet, tem 21 livros publicados, e em breve mais um, “O senador e a princesa” – quase todos pela L&PM, editora da qual o irmão Ivan Pinheiro Machado é sócio.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Por Letícia Garcia

 

Gilberto Monteiro

Poesia gaiteada

Acompanhando seus movimentos, a gaita parece dançar com Gilberto Monteiro. Uma dança harmoniosa, marcada pelo abrir e fechar do fole, pelo dedilhar no teclado, pelo choro tremido da cordeona. De olhos fechados, Gilberto vai conduzindo sua dama, até o ponto em que a gaita se torna uma extensão dele mesmo. Com mais de 30 anos de música, o acordeonista e compositor vem encantando gerações e integra a história da música regional.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Um ano em espaço provisório

Cinco das sete bancas atingidas pelo incêndio permanecem atendendo aos clientes no Espaço de Eventos do térreo, provisoriamente, enquanto aguardam a restauração de suas salas originais.

 

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Por Emílio Chagas  

Monsenhor João Ermillo Weizenmann – Vivências de um capelão da Santa Casa

O seu trajeto é, há anos, da Cúria Metropolitana, onde mora e é vizinho do arcebispo Jaime Spengler, até a Santa Casa, onde trabalha com o capelão, levando assistência espiritual aos enfermos. Aos 87 anos, continua seu trabalho diariamente, principalmente no Hospital Santa Rita, que integra o Complexo Hospitalar da Santa Casa de Misericórdia. Natural de Arroio do Meio, chegou à capital gaúcha no distante 1959.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Mercado da Sardinha – Stavangen, Noruega

Como tradição, herança dos vikings, conquistadores e grandes navegadores, os noruegueses sempre foram excelentes marujos e pescadores. No Mar do Norte, ondas geladas e assustadoras escondem tesouros nos seus bancos de pesca.

Leia mais...
 
PDF Imprimir E-mail
Seg, 04 de maio de 2015 00:00

Cláudia de Paoli

“Eu sou filha do Mercado”

Os pais, Olga e Leonel de Paoli, se conheceram no Mercado, para onde vieram trabalhar, ambos do interior – ela de Bento Gonçalves, ele do interior de Lageado. De uma família tradicional no Mercado, os Toniolo, Olga era uma das poucas mulheres a trabalhar nele, num ambiente predominantemente masculino, o que lhe acarretava muitas recomendações por parte dos pais. Mas o amor foi mais forte e ela acabou conhecendo Leonel, tomando cafezinhos e começando um namoro. Resumindo: hoje estão casados há 43 anos, sendo Cláudia fruto dessa união. Daí porque ela gosta de dizer que é “filha do Mercado”. 

Leia mais...
 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 1 de 49
Banner
 

Enquete

Como o Mercado deve melhorar?
 

Publicidade

Banner
Banner
© 2008 SINTEEPP - Todos os Direitos Reservados